sábado, 15 de dezembro de 2007

As delícias da comida alentejana


Num cruzamento que nos leva a Marvão, serra acima, ou até Espanha, para nascente, bordejando pequeno curso de água, encontramos o restaurante Sever, há muitos anos a servir óptima comida alentejana. Com parque de estacionamento e uma enorme esplanada, para usufruir com bom tempo, o que acontece muitas vezes.


Lá dentro é uma sala muito cuidada, bem decorada, com muito conforto e uma óptima amesendação.


Há pão e azeitonas na mesa, uns queijinhos fatiados. E entradas várias grão com bacalhau, pimentos com bacalhau, salada de cogumelos, papa ratos, ovos mexidos com farinheira, molhinhos em tomatada, ovos mexidos com trufas brancas e vários enchidos de porco preto de grande qualidade. Depois são as sopas e açordas, plenas daqueles aromas da planície transtagana: gaspacho, sopa de tomate, açorda alentejana.


Há bacalhau, cherne, dourada, robalo de mar e até sardinhas, na sua época, para ir para a grelha de carvão e alguns pratos de carne também grelhados bife de carne alentejana, entrecote, lombo de porco, plumas e febrinhas especiais de porco alentejano de montado. Mas não falta a gastronomia tradicional, a doer: molhinhos e pézinhos de borrego em tomatada, borrego à Sever, umas deliciosas bochechinhas de porco alentejano assadas no forno.


Finalmente, a caça, obrigatória javali estufadinho, veado com castanhas, coelho bravo com míscaros, um arrozinho de lebre, malandrinho, e as tradicionais perdizes de tiro, que podem ser de escabeche ou à Convento de Marvão.


Para sobremesa o problema é escolher, entre a doçaria conventual rebuçado de Portalegre, tecolameco, uma deliciosa sericaia com ameixas de Elvas, barrigas de freira, pão de rala, encharcada de nozes . Tudo acompanhado por alguns dos muitos vinhos alentejanos que por ali
abundam.


José Silva (Jornal de Noticias)


Etiquetas: , , ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

banner for http://www.eurobilltracker.com