terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Corrupção na cadeia de Elvas - Guardas condenados por facilitarem sexo na prisão




Foram condenados esta terça-feira os dois guardas da cadeia de Elvas acusados de corrupção por terem facilitado uma noite de sexo a um recluso, permitindo, em troca de 500 euros, a entrada da amante deste no estabelecimento prisional.


O colectivo de juízes do Tribunal de Évora deu como provado o crime de corrupção passiva, tendo condenado o guarda J.M. a dois anos e três meses de prisão e J.P. a um ano e seis meses, ambos com penas suspensas por igual período.


Os dois condenados, que deverão recorrer da decisão, enfrentam ainda um processo disciplinar com vista ao despedimento compulsivo.



In Correio da Manhã Online

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

banner for http://www.eurobilltracker.com